top of page
  • luizrcorretor

Desvendando Limitações: O Que Não Está Incluso no Seguro DIT

Descubra em nosso blog as situações que o Seguro DIT não cobre e saiba como estar preparado para proteger sua renda e segurança financeira em todas as circunstâncias.

<img src="mulher branca fazendo fisioterapia na coluna, com profissional uniformizadojpg"
Situações de saúde que o Seguro DIT não cobre

O Seguro DIT é uma solução amplamente adotada por diversos profissionais autônomos, tais como médicos, advogados, fisioterapeutas, e muitos outros. Ele proporciona uma segurança adicional caso haja necessidade de afastamento temporário das atividades profissionais. Como esses profissionais não têm o respaldo do INSS para garantir seu salário durante o período de afastamento, o seguro DIT assume esse papel fundamental. Com ele, é possível receber um valor diário, compatível com a renda do segurado, até o retorno pleno às atividades. Essa proteção oferece tranquilidade e amparo financeiro em momentos de imprevistos, permitindo que o segurado foque em sua recuperação e retorno ao trabalho com mais confiança. O que devemos nos atentar antes de contratar o Seguro DIT O Seguro DIT oferece uma ampla cobertura para diversas eventualidades ligadas à saúde, que frequentemente levam ao afastamento do trabalho. Embora essas doenças não sejam consideradas graves a ponto de incapacitar o segurado permanentemente, podem resultar em períodos de afastamento temporário. Nessa lista de cobertura, destacam-se condições como DORT (Distúrbio Osteomusculares Relacionado ao trabalho), LER (Lesão por esforço repetitivo), LTC (Lesão por trauma contínuo), Hérnia, entre outros. Apesar de serem problemas de saúde comuns no ambiente de trabalho, o Seguro DIT reconhece sua relevância e garante um suporte financeiro fundamental durante o período de recuperação. Situações que o Seguro DIT não cobre Embora o Seguro DIT proporciona cobertura para uma ampla variedade de situações que podem resultar na incapacidade do segurado em trabalhar, é importante mencionar que existem algumas circunstâncias que não estão contempladas, tais como: - Cirurgias plásticas; - Gravidez; - Tratamentos para esterilização, fertilização e cirurgia de redesignação sexual; - Hospitalização para Check-up; - Distúrbios mentais; - Cirurgias com finalidade estética; - Anomalias congênitas; - Lesões traumáticas anteriores a contratação do seguro; - Luxações frequentes;

- Esportes de riscos, como: Asa Delta, paraquedismo, Bungee Jump, entre outros; - Consequências de causas ilícitas, como dirigir sem habilitação ou embriagado; - Mutilação voluntária; - Após alta médica Portanto, é crucial manter uma atenção sobre os detalhes do contrato da seguradora, uma vez que as regulamentações podem variar de uma empresa para outra. No próximo texto, aprofundaremos o tema das doenças graves cobertas por algumas seguradoras no âmbito do Seguro de Vida. Entretanto, é fundamental destacar que o direito à indenização está sujeito tanto à política da seguradora quanto à condição específica do paciente. Vale a pena contratar o Seguro DIT? Apesar das exclusões mencionadas, o Seguro DIT oferece cobertura para doenças extremamente comuns entre os trabalhadores, muitas delas relacionadas diretamente às atividades exercidas no dia a dia. A ampla abrangência do Seguro DIT o torna altamente recomendado tanto para profissionais autônomos em busca de proteção financeira durante afastamentos temporários quanto para aqueles que estão no regime CLT. Além de proporcionar um benefício mais próximo do salário atual do segurado em comparação ao que o INSS oferece, destaca-se também a agilidade no pagamento, com um prazo de até 30 dias.

Contudo, para situações não cobertas pelo Seguro DIT, é possível contar com um Plano de Saúde ou outras soluções de proteção específicas. A combinação de diferentes opções de seguro permite uma abordagem abrangente, garantindo que o segurado esteja protegido diante de uma variedade de cenários. Cuidar da saúde e do bem-estar é essencial para manter a segurança financeira em todas as circunstâncias, e a escolha do Seguro DIT é um passo significativo na direção certa para proteger o futuro profissional e pessoal do segurado. Dica da Galles Para autônomos interessados em adquirir um Seguro DIT (Diária por Incapacidade Temporária), aqui estão algumas dicas para facilitar o processo:

1. Pesquise Diferentes Opções de Seguro: Explore diferentes seguradoras e suas ofertas de Seguro DIT. Compare os detalhes da cobertura, prêmios mensais, períodos de carência e exclusões para encontrar a melhor opção que atenda às suas necessidades.

2. Entenda Suas Necessidades: Avalie o tipo de trabalho que você realiza e os riscos associados. Considere quais doenças ou lesões podem ser mais prováveis em sua profissão e escolha um seguro que aborde essas preocupações específicas.

3. Converse com um Corretor de Seguros: Consultar um corretor especializado em seguros de saúde e profissionais autônomos pode ser muito útil. Eles podem orientá-lo sobre as melhores opções de seguro, explicar os termos e condições em detalhes e ajudar a escolher o plano mais adequado. Conte com os profissionais da Galles para tirar todas as dúvidas e apresentar as melhores soluções do mercado. São mais de 20 anos de experiência, atendendo o Brasil todo com excelência.






73 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
1b28b7c092dbea974b5905192ff5a2e0.png
bottom of page